8/20/2013

Viação São Francisco não cumpre contrato e prejudica a população


Quando ganhou a licitação do transporte público em 2010, a Viação São Francisco tinha a responsabilidade de fazer 126 paradas de passageiros cobertas que daria um valor de quase 500 mil reais, e um terminal de integração que custaria um preço aproximado a os das paradas.

Além de não cumprir com esse termo do contrato, a empresa diz que o prazo para essas construções que eram 180 dias foi prorrogado para mais dois anos, o certo é que além da precariedade no serviço oferecido pela empresa, nenhuma dessas clausulas de contrato foi executada até hoje.

O fato estranho é que na gestão passada foi acordado que a prefeitura iria ceder a área para a construção do terminal de integração, e nesse tempo nunca houve a disponibilização dessa área para esse fim.

E a alegação da empresa é justamente essa, de que a prefeitura nunca cedeu a área, por isso não construiu o terminal.

Procuramos a prefeitura para saber da prorrogação desse prazo citado pela empresa, que segunda ela foi prorrogado por mais dois anos, a procuradoria informou que não existe nenhum documento da gestão passada tratando desse assunto.

A prefeitura está tomando as medidas cabíveis para que os termos do contrato sejam executados e para que a população não seja mais penalizada com o serviço de transporte público que ainda é precário no município.