9/23/2016

Dono da Escutec que fez Pesquisa em Açailândia, já foi Preso pela Polícia Federal

O empresário Fernando Junior, proprietário do instituto de pesquisas ESCUTEC, foi preso pela Polícia Federal no dia (20), de outubro de 2015 durante a Operação Attalea, que desbaratou toda a quadrilha acusada de saquear os cofres públicos da Prefeitura de Anajatuba.
De acordo com o jornalista Domingos Costa,  na época, Fernando foi acusado de desviar recursos públicos federais do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB) e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) por meio da contratação de “empresas e fachada”.

O caso foi denunciado pelo Fantástico, da Rede Globo, em novembro do ano passado.
Também foram detidos o prefeito de Anajatuba, Helder Aragão; o vereador e secretário municipal de Administração, Edmilson dos Santos Dutra; a integrante da Comissão Permanente de Licitação (CPL), Matilde Sodré Coqueiro; o empresário Fabiano de Carvalho Bezerra e a ex-esposa dele, Natascha Alves Lesch.

Conforme a matéria veiculada em rede nacional, a história do Instituto ESCUTEC está recheada de fraudes envolvendo prefeitos e secretários municipais. De acordo com polícia federal a operação atingiu seus objetivos e a partir de agora os denunciados estão nas mãos da justiça. Creio bem menos na justiça dos homens, mas da justiça divino tenho absoluta certeza que não passarão impunemente aqueles que desviam o dinheiro da merenda escolar, porque isso é tirar comida da boca das crianças.
Aqui em Açailândia, os três candidatos prejudicados com a pesquisa fraudulenta do instituto ESCUTEC desistiram de representar judicialmente contra o mesmo porque, segundo eles, a credibilidade dessas pesquisas é inexistente, tanto que chega a ser contestada até mesmo entre os militantes da coligação que contratou o instituto ESCUTEC.

9/19/2016

Força jovem e experiência marcaram grande caminhada do 45 no Jacú e Vila Maranhão

A caravana do bem esteve mais uma vez em caminhada no Bairro Jacú e Vila Maranhão. Seguindo sua agenda de consolidação da vitória, Benjamim 45, agregou milhares de pessoas na tarde do sábado, 17 de setembro. Em alguns momentos era impossível localizar nosso candidato em meio a multidão. Benjamim é simples, ele se mistura ao povo e a todo instante é requisitado para fotos e para entrar nas casas. Nossos idosos que ajudaram a construir a cidade acompanhavam das portas e levantavam bandeiras. Os jovens também estavam lá demonstrando que não estão passivos diante da política. A força jovem e a experiência marcaram nosso percurso.

Quando caminhamos juntos somos um corpo só, com um só ideal, que é de renovação e mudança. A forma com que Benjamim conduz sua caminhada e lida com sua candidatura já demonstra características de como será sua atuação política administrativa. O povo acailandense que agoniza todos os dias a dura realidade hoje pode ter esperança nas mãos do médico que já salvou tantas vidas e que resgatará nossa cidade do coma a que foi induzido por anos de má administração pública.

Benjamim esteve várias vezes no bairro Jacú essa semana atendendo o chamado de moradores que sofriam mais uma vez com a falta de água."Aí a gente escutou na mídia eles falando que o problema é da CAEMA. Quando o estado faz qualquer serviço aqui eles falam que foram eles que buscaram. Agora quando tem alguma coisa que precisa resolver eles não assumem" protestou Benjamin 45 e encerrou se comprometendo mais uma vez em desfazer todo o mal que já foi feito a população."Saibam que a gente vai ter aqui um administrador, independente, se é do estado, se é da federação ou se é do município, a gente tem que administrar é Açailandia, é o povo daqui. Aqui é um dos primeiros bairros da cidade e tem que ser olhado com respeito e com prioridade."

Fonte: http://ben45.com.br/ 

9/11/2016

Governo Dino: Ideb revela que rede estadual de ensino no Maranhão tem nota inferior à meta de 2015

AQUILES EMIR
Ao que parece, tirar nomes dos generais que presidiram o Brasil no regime militar e de pessoas vivas dos estabelecimentos de ensino e a realização de eleição direta para diretores não resultaram em melhorias para o ensino no Maranhão, pois o estado não conseguiu atingir as metas do Índice de Desenvolvimento da Educação (Ideb) traçadas para 2015, principalmente no que se refere às escolas da rede estadual. Os números foram divulgados nesta quinta-feira (08) pelo Ministério da Educação.
O Maranhão, de acordo com o levantamento, só conseguiu superar a meta no nível de 4ª série ao 5º ano (ensino fundamental), quando são avaliadas todas as escolas (privadas, estaduais, federais e municipais), pois ficou com nota 4,6 para uma meta de 4,2, mas no nível da 8ª série ao 9º ano, a nota foi de 3,8 para uma meta de 4,2, e no nível de 3ª série/Ensino Médio, a nota foi de 3,3 para uma meta de 3,6.
No que diz respeito às escolas da rede estadual, o desempenho é frustrante, pois no nível de 4ª série ao 5º ano, a nota alcançada foi de 4,3, enquanto a meta era de 4,6; no nível de 8ª série ao 9º ano, para uma meta de 4,4, as escolas estaduais tiraram nota 3,8; e no nível de 3ª série/Ensino Médio, a rede estadual de ensino ficou com nota 3,1 para uma meta de 3,3.
O ensino privado também foi reprovado em todos os níveis: de 4ª série ao 5º ano, nota 6,1 para meta de 6,2; da 8ª série ao 9º ano, nota 5,5 para uma meta de 6,3; e 3ª série/Ensino Médio, nota 4,7 para uma meta de 5,5.
O Ideb é um indicador de qualidade dos ensinos fundamental e médio. O índice avalia a qualidade do ensino no país, com base em dados sobre aprovação e desempenho escolar obtidos por meio de avaliações do MEC. Desde a criação do indicador, foram estabelecidas metas que devem ser atingidas a cada dois anos por escolas, prefeituras e governos estaduais.
Resultado de imagem para escola digna em são mateus
Governador Flávio Dino lançou o projeto Escola Digna para melhorar o ensino
Avaliação - De acordo com o MEC, a meta do Ideb para 2015 foi cumprida apenas nos anos iniciais do ensino fundamental, etapa que vai do 1º ao 5º ano do ensino fundamental. O ensino médio tem a situação mais crítica, com o índice estagnado desde 2011. Nos anos iniciais do ensino fundamental, a meta é cumprida desde 2005, quando o índice começou a ser calculado. Para 2015, a meta estipulada é de 5,2. A etapa alcançou 5,5. Nos anos finais do ensino fundamental, do 6º ao 9º ano, a meta foi descumprida pela primeira vez em 2013. Em 2015, o índice esperado de 4,7 também não foi alcançado. A etapa registrou um Ideb de 4,5.
No ensino médio, a meta não apenas não é alcançada desde 2013, como está estagnada em 3,7 desde 2011. A meta estabelecida para 2015 é de 4,3. "O Brasil está mal e vai se distanciando das metas fixadas pelo segundo Ideb consecutivo, lamentavelmente", disse o ministro da Educação, Mendonça Filho.
Em relação ao cenário brasileiro de toda a educação básica, o ministro afirmou que não se trata de um quadro que se possa celebrar. "As metas fixadas para o ensino fundamental e médio não são metas que possam ser caracterizadas como ousadas ou excesso. Todos sabem que o Brasil está distante de educação de qualidade".
Nos estados - Nos anos iniciais do ensino fundamental, apenas três estados não cumpriram em 2015 as metas previstas para as unidades federativas: Amapá, Rio de Janeiro e Distrito Federal. Nos anos finais, apenas cinco estados cumpriras as suas metas: Pernambuco, Amazonas, Mato Grosso, Ceará e Goiás.
Já no ensino médio, Amazonas e Pernambuco cumpriram a meta para a etapa consideradas as escolas públicas e privadas. Considerando apenas as escolas públicas, além dos dois estados, Goiás e Piauí atingiram suas metas.
Ensino médio - Mendonça Filho destaca a etapa como uma das mais críticas da educação básica. Ele destacou que a reforma do período é uma das prioridades do governo. Segundo o ministro, caso o projeto de lei 6480/2013, que está em tramitação no Congresso Nacional não seja vota ainda este ano, ele solicitará ao presidente Michel Temer, a edição de uma Medida Provisória que faça mudanças na etapa a fim de torná-la mais atraente para os jovens, incluindo a maior aproximação com o ensino técnico e a flexibilização do currículo.

9/03/2016

“O que se constata na saúde pública de Acailandia não condiz com o tratamento que humanos merecem receber”



AÇAILÂNDIA - A situação de funcionários, acompanhantes e pessoas que buscam atendimento no SESP é preocupante e o tratamento que as pessoas estão tendo é indigno do ser humano.

 “O que se constata na saúde pública de Acailandia não condiz com o tratamento que humanos merecem receber”
Embora o gestor tente se explicar afirmando que ele está sendo vitima de perseguição politica e que as dificuldades são normais e advindas das vicissitudes econômicas do país, o que realmente fica claro é a ineficiência da gestão ao desrespeitar os direitos fundamentais da dignidade da pessoa humana.


A Informacao  repassada por funcionários da administração do SESP, é que atualmente existem 122 pessoas na fila de espera por cirurgias que não foram realizadas por falta de anestesistas e entre as pessoas que entrevistei, haviam gente com fratura há 20 dias esperando para ser operado no hospital.



Muitas das pessoas que estão aguardando estas cirurgias ocupam os corredores, e a recepção tem imensa fila, tanto de pacientes novos como seus acompanhantes veem a situação piorar a cada dia com o acumulo de mais e mais doentes.


As condições de trabalho para os técnicos e enfermeiros são as mais precárias que se possa imaginar, “faltam medicamentos básicos, papel higiênico e copos descartáveis” afirmou um funcionário que ainda diz estar preocupado pois não existe segurança para a própria saúde dele. “Estao misturando pessoas com doenças respiratórias, doenças agudas e pacientes que aguardam cirurgias ortopédicas lado a lado, isso é complexo, pois além dos pacientes, os pais ou mães que são acompanhantes correm risco de contrair doenças graves por infecção hospitalar”

O caos na saúde é visível a olho nú, mas de acordo com a secretária municipal de saúde, Kerly Cardoso, essa situação será atenuada com a inauguração da UPA construída e mantida pelo governo federal.


Sofrimento

Segundo o acompanhante Nilcivan Dias Pereira, a situação atual é de total sofrimento e calamidade. “Enfim, todos sofrem: o doente porque não é curado; seus acompanhantes porque não tem assistência, os funcionários porque são eles que estão aqui fazendo milagres”

8/31/2016

Presidente de partido da coligação pelo o BEM de Açailândia, defende plano de governo.

                         
Dr. Edson Feliciano e sua esposa Luisa
Açailândia - Em reunião nesta terça-feira, 30, o advogado e industrial, Dr. Edson Feliciano apresentou propostas para geração de emprego e renda e fez defesa do plano de governo do candidato à prefeitura de Acailandia Dr. Benjamim Oliveira. Edson Feliciano está movimentando o segmento empresarial e industrial ao apresentar os dois candidatos a vereador pelo PPL, partido que ele preside na cidade. 

“O nosso candidato prefeito é o único que tem a convicção de que a cidade precisa ser para as pessoas e não apenas para um pequeno grupo que só defende interesses próprios” disse.
Segundo o advogado, a cidade precisa ser eficiente na aplicação dos recursos e ainda manter o equilíbrio nas contas públicas, de forma a garantir que no futuro não hajam os mesmos problemas que atingem maioria das cidades do Maranhao atualmente”, comentou.

Para Edson Feliciano, a atual gestão nasceu de um ato de traição e que portanto não goza de credibilidade junto aos empresários e industriais, e com isso começou  e permanece sem a organização e o planejamento necessário para uma gestão confiável.  “O atual prefeito não é uma pessoa visionária, e tem feito uso de obras do governo do estado para enganar a população. 
O PPL partido pátria livre vem apresentando propostas para o crescimento ordenado da cidade e nessa perspectiva, os candidatos  Marcos e Cleber do Friagro defendem a criação de dois importantes órgãos de suporte gestão. Segundo Edson Feliciano, somente através de um Instituto municipal de planejamento e de uma fundação municipal de meio ambiente”, disse, destacando que a arborização e ajardinamento da cidade precisam ser implementados para garantir maior urbanidade e qualidade de vida para os munícipes.

Segundo ele, essa iniciativa contemplaria a sustentabilidade ambiental e urbana além de melhorar o aspecto visual da cidade. “O que se busca com isso é uma melhor qualidade de vida, mas só haverá resultado se as políticas públicas forem adequadas”

Por: Fábio Ribeiro

8/25/2016

VALE diz em nota que já repassou dinheiro para o pagamento dos funcionários da reforma do Hospital Municipal para a prefeitura de Açailândia!



AÇAILÂNDIA - Em atraso há mais de 45 dias, os funcionários da reforma do Hospital Municipal reclamam da falta de pagamento, segundo eles nem a empresa VALE que financia a obra, nem a prefeitura responsável pela distribuição da verba repassou os valores aos trabalhadores.
O caso foi parar na TV, desde segunda feira que o programa Comando do Meio da Rede TV, apresentado por Nilton Cesar, vem recebendo uma enxurrada de denuncias a respeito dos atrasos. Ciente das cobranças através do programa, a VALE emitiu nota explicando o ocorrido e afirmando que já fez o repasse dos valores para a prefeitura e que não costuma falhar com seus compromissos, especialmente quando se trata de saúde que exige uma atenção maior.

Após receber a nota com as explicações da VALE, o apresentador Nilton Cesar tentou fazer contato com os assessores do município para ouvir o outro lado da história, mas, ninguém respondeu ate o fechamento desta matéria. Sem solução, os funcionários que vivem uma situação complicada sem receber seus salários seguem apelando para a mídia no intuito de tornar o problema ainda mais publico e assim pressionar o governo municipal a dar uma resposta sobre os atrasos nos pagamentos.
Segue abaixo a nota emitida pela VALE em resposta as denuncias dos funcionários no Programa Comando do Meio Dia da Rede TV:

COMUNICADO DA VALE

Sobre a destinação de recursos para a reforma e ampliação do SESP
A Vale esclarece que firmou convênio com a Prefeitura Municipal de Açailândia na reforma e ampliação do SESP - Hospital Municipal de Açailândia. A empresa esclarece ainda que tem cumprido com as suas obrigações de repasse de recursos, e que eventuais atrasos nos pagamentos de salários dos empregados da empresa contratada pelo Município, nos termos da Lei 8666, não é de responsabilidade da Vale. A empresa reconhece que a unidade hospitalar é referência na área de saúde, atendendo moradores de pelo menos oito municípios no sul do Maranhão e ratifica o compromisso com o investimento em sua reforma por entender ser de fundamental importância para a região.

Assessoria VALE

De: Natalia Machado <natalia.machado@vale.com>
Data: 24 de agosto de 2016 10:46
Para: "tvliberdadecanal13@gmail.com" <tvliberdadecanal13@gmail.com>






Por Gilberto Freire

8/16/2016

Propaganda eleitoral começa hoje, confira as regras

Nesta terça-feira, 16, tem início a propaganda eleitoral. Até o dia 1.º de outubro, os candidatos a prefeito e a vereador de todo o Estado estão autorizados a fazer campanha com vistas às Eleições 2016, mas devem ficar atentos às restrições impostas pela legislação eleitoral.
As regras para a propaganda em 2016 estão dispostas na Resolução TSE nº 23.457/2015, que também trata do horário gratuito no rádio e na TV e das condutas ilícitas na campanha.
As punições para quem cometer irregularidades vão de multa até detenção.
Internet
É permitido fazer propaganda eleitoral na internet em sites do candidato, do partido ou coligação e por meio de mensagem eletrônica para endereços cadastrados gratuitamente por eles mesmos.
O uso de blogs, redes sociais, sites de mensagens instantâneas e assemelhados também está autorizado. Sob qualquer forma, é vedada a propaganda paga na internet.
Som
O uso de alto-falantes ou amplificadores de som em veículos e sedes de partidos ou coligações é liberado das 8 horas às 22 horas.
A circulação de carros de som e minitrios, como meio de propaganda eleitoral, devem observar o limite de 80 decibéis de nível de pressão sonora.
Os comícios são permitidos das 8 hs às 24 horas, mas a Lei das Eleições (Lei nº 9.504/97) proíbe a realização de showmício e de evento assemelhado para promover candidatos, assim como a apresentação, remunerada ou não, de artistas com a finalidade de animar comício e reunião eleitoral.
Rádio e TV
A propaganda em rádio e TV é restrita ao horário eleitoral gratuito, que começa dia 26 de agosto. A propaganda partidária não será veiculada no segundo semestre.
Jornais e revistas
Os candidatos estão autorizados a fazer anúncios pagos na imprensa escrita, com a respectiva reprodução na internet, de até 10 anúncios de propaganda eleitoral em datas diversas, por veículo, no espaço máximo por edição, para cada candidato, partido ou coligação, de 1/8 de página de jornal padrão e ¼ de página de revista ou tabloide.
Bens públicos e particulares
É vedada a veiculação de propaganda de qualquer natureza, inclusive pichação, inscrição a tinta, colocação de placas, faixas, estandartes, cavaletes, bonecos e peças afins em bens em que o uso dependa de cessão ou permissão do poder público, ou que a ele pertençam. A proibição se estende aos bens de uso comum, inclusive postes de iluminação pública, sinalização de tráfego, viadutos, passarelas, pontes, paradas de ônibus e outros equipamentos urbanos.
Mesas para distribuição de material e bandeiras ao longo das vias públicas devem ser móveis e não podem dificultar o bom andamento do trânsito de pessoas e veículos – a colocação e a retirada dos meios de propaganda devem ocorrer entre as 6 e as 22 horas.
Já a propaganda em bens particulares pode ser feita somente em adesivo ou papel, com dimensão máxima de meio metro quadrado. Nos carros, são permitidos adesivos microperfurados até a extensão total do para-brisa e, em outras posições, adesivos até a dimensão de 50cm x 40cm.
Folhetos e outros materiais
A propaganda eleitoral por meio de folhetos, adesivos, volantes e outros impressos deve ser editada sob a responsabilidade do partido, coligação ou candidato, e deve trazer o CNPJ ou o CPF do responsável pela confecção, bem como de quem a contratou, e a respectiva tiragem. Brindes, camisetas, chaveiros, bonés, canetas, cestas básicas ou qualquer outro bem ou material que possa proporcionar vantagem ao eleitor são vedados pela legislação eleitoral.

Fonte: Estadão

8/03/2016

"IMPERATRIZ" Rosângela Curado vai ter a maior coligação do Maranhão

Porto retira pré-candidatura e PPS entra na coligação e Rosângela Curado
Pastor Porto e PPS vão com Rosângela em Imperatriz
Clodoaldo Corrêa - O PPS acertou a aliança com o PDT em Imperatriz. Com isto, o partido retira a pré-candidatura do Pastor Porto, ex-vice-governador do Maranhão e atual vice-prefeito da cidade.

A chapa Rosângela Curado-Professor Adonilson forma assim uma coligação gigantesca com 20 dos 32 partidos registrados em Imperatriz. É a maior coligação da história no Maranhão. Rosângela chega com força política invejável.

"AÇAILÂNDIA NÃO SE CUMPRE A LEI" Menor de 18 anos. Conheça o que diz a lei sobre menor de idade em eventos públicos

alcool-menores

Menor de 18 anos. Conheça o que diz a lei sobre menor de idade em eventos públicos

Anteriormente à organização da festa, são necessários alvarás de autorizações. Por exemplo, para no caso da festa em casa noturna, e esta ter alvará de funcionamento, é certo que haverá neste documento a informação da idade permitida para entrada no local, sendo necessário informar-se. Este documento é seguido para que seja estabelecida a classificação de idade no evento.
Para festa em local particular, é estabelecida a classificação da festa, formalizando através de certificado de classificação. E atualmente é comum informação em manchete como “Juizado flagra adolescentes consumindo bebida alcoólica em festa”. Infelizmente no país a fiscalização não é suficiente em casas noturnas e festas.
O Estatuto da Criança e do Adolescente, ECA, determina criança, para os efeitos da Lei, o indivíduo até 12 anos de idade incompletos; e adolescente o indivíduo entre 12 e 18 anos de idade.
O ECA é muito claro em relação à entrada de crianças e adolescentes em casas noturnas e festas com bebidas alcoólicas liberadas. Daí a importância de informar-se para não ter risco de finalizar com a festa em Juizado de Menores, já que a festa é justamente para diversão e momentos prazerosos, mas com responsabilidade seguindo regulamentos e sem implicar riscos para os participantes.
O que Determina o Estatuto da Criança e do Adolescente
Com base em diretrizes da Constituição Federal, o ECA foi instituído pela Lei 8.069 de 1990, com foco em garantir proteção integral da criança e do adolescente, e é importante conhecer mais acerca do Estatuto.
 Se a entrada de menores de 18 anos é permitida no evento, é importante a cautela para que em hipótese alguma seja oferecida ou comercializada bebida alcoólica, ou drogas, aos mesmos.
Segundo Artigo 243 do ECA, é considerado crime “vender, fornecer ainda que gratuitamente, ministrar, ou entregar, de qualquer forma, a criança ou adolescente, sem justa causa, produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica, ainda que por utilização indevida”.
Já a pena prevista direcionada ao descumprimento é, além da multa, detenção de 2 a 4 anos.
Ainda no ECA, no artigo 81, também é abordado o assunto: É proibida a venda à criança ou ao adolescente de – II-bebidas alcoólicas; III- produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica ainda que por utilização indevida.
Menor de Idade, Apenas Acompanhado pelo Responsável
Se um evento será organizado e foi estabelecida classificação para maiores de 18 anos, com objetivo, por exemplo, de consumo evitado da bebida alcoólica por menores, é fundamental atenção.
Já que é declarado pelo artigo 149 do ECA que: Compete à autoridade judiciária disciplinar, através de portaria, ou autorizar, mediante alvará –
I – a entrada e permanência de criança ou adolescente, desacompanhado dos pais ou responsável, em:
a)      Estádio, ginásio e campo desportivo;
b)     Bailes ou promoções dançantes;
c)      Boate ou congêneres;
d)     Casa que explore comercialmente diversões eletrônicas;
e)      Estúdios cinematográficos, de teatro, rádio e televisão.
II – a participação de criança e adolescente em:
a)      Espetáculos públicos e seus ensaios;
b)     Certames de beleza.
Então é concluído, que menores de 18 anos são autorizados para entrada em festas e boates, desde que acompanhados dos respectivos responsáveis legais. Na ausência da presença dos pais ou responsável, a entrada será permitida apenas mediante autorização prévia da autoridade judiciária competente.
Para que sejam evitados problemas em festa com menores, existem soluções alternativas interessantes, como matinês, separação de local apropriado dentro da festa para os menores, promoção de reuniões com funcionários para exposição de riscos e deveres, matérias informativas de alerta providenciadas, verificação se o local tem alvará de funcionamento, dentre tantos outros fatores importantes.

8/01/2016

Multidão aclama Rosângela Curado durante Convenção em Imperatriz

Uma verdadeira multidão participou neste domingo (31), na Maçonaria, da Convenção Municipal da coligação Juntos Pra Avançar, encabeçada pelos partidos PDT e PC do B, oportunidade em que foi confirmado a candidatura de Rosângela Curado e Professor Adonilson à prefeitura de Imperatriz.

Rosângela é a primeira dos candidatos a prefeito a homologar sua candidatura, saindo na frente na corrida eleitoral e levando consigo quase 19 partidos e cerca de 160 pré – candidatos a vereadores.

“A Rosângela Curado é o melhor nome para governar Imperatriz, porque a Rosângela tem propostas e não está sozinha. A Rosângela tem o povo de Imperatriz ao lado dela”, afirmou Clayton Noleto, secretário de Infraestrutura do Governo do Estado.

Rosângela Curado mostrou força ao colocar em sua convenção cerca de dez mil pessoas em um período de ostracismo e descrédito da política brasileira. A seu convite, secretários do governo, deputados federais e estaduais também estiveram na solenidade e puderam comprovar a popularidade da pedetista.

“Eu sou chamada por aqui de doutora Sorriso. Eu quero é que esse sorriso contamine os lábios de Imperatriz. Que o povo sorria de satisfação, porque viu seu voto sendo honrado”, fazendo referência a forma que passou a ser tratada na cidade desde a última eleição para prefeito.



Fonte: Blog da kely

7/26/2016

Deusdethe Sampaio volta ao cenário politico, com a missão de ajudar reeleger o atual prefeito Juscelino Oliveira (PCdoB)


AÇAILÂNDIA - Praticamente, já está tudo acertado. Deusdethe Sampaio vai mesmo apoiar a candidatura de Juscelino Oliveira (PCdoB), nas eleições desse ano. O mago (véi), teria aceitado o convite do atual prefeito, em uma conversa bem reservada na semana passada, na chácara de um amigo do mesmo, onde os dois conversaram bastante e resolveram bater o martelo. Pra quem não lembra, Sampaio foi o principal articulador do grupão na época, e responsável diretamente pela a indicação de Juscelino como vice de Gleide.

Após a noticia de que o ex prefeito dará apoio a reeleição do atual prefeito, a expectativa agora é aguardar como vai ser o discurso de de Deusdethe no dia da convenção, marcada para   acontecer dia 4 (Quinta Feira), na parte da tarde no GIGANTÃO.

Uma fonte me informou que na conversa, Oliveira, teria perguntado a Sampaio,  com ficaria a situação da irmã Zetinha Sampaio, uma vez que a mesma ainda é aliada da ex prefeita Gleide. Sampaio teria dito que, com relação a irmã, ele resolveria tudo. O que não se sabe é como ele pretende resolver isso. Zetinha é filiada ao PMDB, continua apaixonada por Gleide, e vislumbra a possibilidade de uma candidatura a prefeita pelo  partido.




Polícia Civil prende suspeitos de aplicar golpes via whatsapp com números clonados


Segundo o delegado-geral, a quadrilha geralmente realizava o saque e quando excedia o limite de saque iam a um determinado posto de gasolina, onde passavam o valor restante no débito e davam 10% para que o frentista desse o dinheiro em espécie.
Um novo tipo de golpe foi descoberto pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), por intermédio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC). Uma quadrilha que clonava números e utilizava um aplicativo de conversas para aplicar o golpe foi desarticulada e os suspeitos Robert Wagner Silva Serra, conhecido como “Cacá”, Paulo Heitor Campos Pinheiro, Wanderson Sousa Soeiro e Randerson dos Santos Castro, foram apresentados na tarde desta segunda-feira (25) em coletiva na sede da secretaria.
O delegado-geral da Polícia Civil, Lawrence Melo, explicou que o Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos, ligado à SEIC, identificou que os envolvidos, que são suspeitos de clonar números no aplicativo WhatsApp, se passavam por amigos dos proprietários das linhas. Através dessa clonagem passavam mensagem às vítimas pedindo ajuda financeira, por meio de depósito bancário em contas correntes. Wanderson Sousa é funcionário de uma operadora de telefonia e era ele quem habilitava os chips, dando acesso livre aos contatos dos números clonados.
“De posse desse chip um outro integrante habilitava o Whatsapp no aparelho que estava com ele. Fazia se passar pelo titular do número e acessava a agenda de amigos e parentes da pessoa. Em contato, via aplicativo, o integrante da quadrilha relatava dificuldades financeiras, tanto do ponto de vista de saúde, quanto do ponto de vista material, e solicitava transferência para a conta de laranjas, que eram indicadas”, relatou Lawrence.
Segundo o delegado-geral, a quadrilha geralmente realizava o saque e quando excedia o limite de saque iam a um determinado posto de gasolina, onde passavam o valor restante no débito e davam 10% para que o frentista desse o dinheiro em espécie.

O diretor do Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos (DCCT), delegado Odilardo Muniz, orienta que, por se tratar de uma nova prática, é importante que os usuários do aplicativo reforcem os cuidados. “É preciso desconfiar se o colega não costuma pedir dinheiro. O problema desse golpe é a facilidade das vítimas de pedir o dinheiro e a facilidade de, hoje em dia, se transferir esses valores por meio dos aplicativos de bancos, tornando rápida a ação dos criminosos”, informou Odilardo. Ele indica que outras vítimas compareçam à SEIC para ajudar nas investigações.
GLima 

7/20/2016

CRESCIMENTO FAZ ADVERSÁRIOS TRAMAREM BAIXARIAS CONTRA ROSÂNGELA CURADO

O fato de está formando a maior coligação política da história de Imperatriz, com aproximadamente duas dezenas de partidos, dentre eles o PCdoB do governador Flávio Dino, que vem resultando em seu crescimento vertiginoso nas pesquisas de intenção de votos, começa a exigir um preço considerável da pré candidata Rosângela Curado (PDT). 

Partidários dos três principais adversários na disputa, acusando o favoritismo de Curado, vêm intensificando ataques à candidata do grupo governista, especialmente por meio das redes sociais.


A última baixaria protagonizada pelas viúvas do sarneysmo foi um vídeo que tenta atrita-la com o segmento evangélico. "Foi uma armação grosseira ", diz o dirigente pedetista Jean Carlo. Ex-vice-prefeito do Município, ele acrescenta que "o eleitorado tem maturidade, não se deixa envolver por golpes baixos. Não se conquista simpatia agredindo, atacando adversário ".


Lamentando o que classificou de " inaceitável ataque à mulher Rosângela Curado e sua família ", o vereador José Carlos Soares(PV) apela para que os demais candidatos mantenham a campanha em Alto nível. "O povo espera é proposta e solução para os problemas de Imperatriz. De nossa parte iremos respeitar o eleitor e tratar os concorrentes com urbanidade", acentua.