4/23/2014

POR DESOBEDIÊNCIA CIVIL PRESIDENTE DA CÂMARA LENILDA COSTA PODE SER PRESA HÁ QUALQUER MOMENTO

PRES. LENILDA COSTA
AÇAILÂNDIA - GENTE MUITO CONFUSÃO NESSE MOMENTO NA CÂMARA DE VEREADORES..... A PRESIDENTE LENILDA COSTA , NÃO BOTOU NA ATA PARA SER LIDA NA REUNIÃO DE HOJE,  A  CRIAÇÃO DA COMISSÃO PROCESSANTE  REALIZADA NA ÚLTIMA  SESSÃO E QUE FOI LIDA E ACATADA POR  13 VEREADORES DA CASA. A SESSÃO FOI PRESIDIDA PELO VICE PRESIDENTE MARCIO ANÍBAL, QUE ASSUMIU OS TRABALHOS DEPOIS QUE A TITULAR (LENILDA COSTA), SE RETIROU DA MESA DIRETORA EM TOTAL DESRESPEITO PARA COM OS COLEGAS E O POVO E A IMPRENSA  PRESENTE NO LOCAL.
NÓS ACABAMOS DE RECEBER UMA INFORMAÇÃO BOMBÁSTICA, QUE OS 12 VEREADORES ESTÃO NESSE MOMENTO  FÓRUM DA CIDADE PARA DENUNCIAR A PRESIDENTE POR DESOBEDIÊNCIA CIVIL, CRIME PASSIVO DE PRISÃO.

4/22/2014

"BOMBA BOMBA" Câmara de Vereadores afasta prefeita do cargo por 90 dias




Lidiane Rocha, prefeita de Bom Jardim é afastada pela Câmara
Lidiane Rocha, prefeita de Bom Jardim é afastada pela Câmara
A prefeita de Bom Jardim, Lidiane Rocha, foi afastada do cargo por 90 dias pela Câmara de Vereadores na sessão de hoje (22).
Com o afastamento, tomou posse do cargo a vice-prefeita, a ex-deputada estadual Malrinete Gralhada (PPS).
De acordo com a Lei Orgânica do município, que define que cabe a Câmara julgar o prefeito nas infrações político-administrativas, Lidiane perdeu o mandato por improbidade.
A Comissão Parlamentar de Inquérito constatou irregularidades na compra, feita pela Prefeitura de Bom Jardim, de um terreno pertencente ao marido da prefeita, Beto Rocha, supostamente para a construção de uma creche que jamais fora construída. O terreno foi comprado pelo valor de R$ 150 mil.
A prefeita Lidiane também está sendo acusada de emitir notas de combustíveis pela prefeitura à carros particulares.

" O IMPÉRIO EM RUINAS" Com a popularidade em baixa, podendo perder o mandato há qualquer momento Gleide Santos ainda pode ser abandonada pelo o Governo do Estado

Açailândia - A situação politica da prefeita de Açailândia  Gleide Santos, vem se agravando a cada dia que passa.
Pref. Gleide Santos
Tida como teimosa, cabeça dura e até ditadora. A  "GUERREIRA não está conseguindo nem mesmo agradar  parte de  seus principais auxiliares, que já torce para que aja uma mudança imediata  no comando da prefeitura. 

A o que parece a prefeita já perdeu a rédeas da sua administração em todos os setores. Professores em greve, falta de merenda nas escolas, na saúde falta  médicos para atender os pacientes e o que é mais grave: na câmara 12 dos 17 vereadores, trabalham   dia e noite pra cassar seu mandato sob acusação de  malversação de dinheiro publico. Nas ruas a revolta é tanta, que a população já começa a entender que é preciso haver manifestação pra mudar o caus que se instalou na cidade. Já no setor empresarial,  já é nítido ver a classe de empresários local,  reclamando da falta de gestão, chegando ao ponto  de considerar o  governo de Gleide,  um dos piores da historia.

E pra piorar ainda mais a situação, fui informado através de  minhas fontes da capital que recentemente o  governo do estado, teria mandado  fazer uma pesquisa na cidade, onde foi constatado através de números  que administração de Gleide,  tem os mais altos índices de rejeição  da história dese município.  Com a popularidade em baixa, e  podendo perder o mandato há qualquer momento,  tudo indica que a  própria governadora Roseana, deve tirar seu time de campo e não se envolver nas peripécias de sua colega de partido que só vem dando problema ao seu governo, desde de que assumiu a prefeitura. 







4/21/2014

Vereadora Lennilda Costa pode ser destituida da presidência da Câmara de Açailândia


Por Cézar Junior (Jornal do Maranhão – Açailândia – MA)
Lenilda Costa presidente da câmara Açailândia
Açailândia - A vereadora Lennilda Costa corre sério risco de perder o mandato e o cargo que ocupa na presidência da Câmara Municipal de Açailândia. Vários vereadores, num total de doze, acusam a presidente de que a mesma procedeu de modo incompatível com a dignidade na sua conduta pública. O vereador José Francisco Gonçalves Sousa, conhecido por Canela, afirmou que a Presidente, além de atropelar as normas regimentais da Casa, comportou-se de forma omissa, abusiva e ilegal no exercício do cargo na condução do processo referente à denúncia protocolada pelo o eleitor Cleones Oliveira Matos, com pedido de afastamento provisório e cassação da prefeita de Açailândia, Gleide Lima Santos.
O clima é tenso entre a presidente Lennilda Costa e o quórum qualificado de 12 vereadores, que estão inconformados com o comportamento da vereadora na condução da Casa. Entre outras acusações, os edis afirmam que Lennilda Costa, já há bastante tempo, vem conduzindo a Câmara de Vereadores de forma inadequada e ineficiente, causando nos seus pares, o descrédito e a desconfiança da população.
A exemplo disso, afirma o vereador Luis Carlos, conhecido como Carlinho do Fórum: “a presidente autorizou e permitiu que o filho da prefeita Gleide Santos viesse na nossa própria casa utilizar a tribuna para ofender de forma pejorativa um dos membros deste legislativo, isto é ultrajante! Não podemos permitir que um estranho de outro Poder (Executivo), ocupa nossa Casa para desmoralizar um de nós, sob o olhar indiferente e passível da direção, sem advertir ao forasteiro, confundindo harmonia entre Poderes, com submissão total, tornando a própria casa numa senzala de serviçais do Executivo. A família que não defende a própria casa e não impõe respeito, está fadada ao fracasso”, finalizou.
O vereador Pastor Vagnaldo ressalta que além da Presidente Lennilda Costa se comportar de forma subserviente ao Poder Executivo, ela forneceu cópia da denúncia para acusada, antes mesmo de ser distribuída para os vereadores e ser apreciado pelo o plenário da Câmara, facilitando a investigada privilégios sem o devido procedimento legal, conforme consta nos anexos do Mandato de Segurança impetrado pela Prefeita Gleide Santos, quando tentou suspender a sessão extraordinária do último dia 11 (sexta-feira).
Porém, as acusações não param por ai. O vereador e Vice-presidente da Câmara, Márcio Aníbal, lamentou que em desacordo com o procedimento definido no Decreto Lei Nº 201/67, a Presidente da Câmara, Lennilda Rocha, além de não lançar na pauta da sessão seguinte (10/04/2014) a leitura da denúncia como determina a lei, foi muito mais adiante: não compareceu na sessão e tomou para si a responsabilidade de apreciar sozinha, emitindo apenas um vago e mal redigido “PARECER”, onde o mesmo confunde “Comissão Processante” com “Comissão de Inquérito”, demonstrando num casuísmo, a nítida intenção de obstruir o andamento do processo. Ademais, decidiu monocraticamente rejeitando a denúncia, negando aos seus pares a apreciação da matéria e violando o direito líquido e certo do cidadão de ver sua demanda seguir o trâmite estabelecido pelo o referido Decreto (Nº 201/67).
Não há como negar que o vereador Márcio Aníbal está coberto de razão. O Decreto Lei Nº 201/67, que dispõe sobre a responsabilidade dos prefeitos e vereadores, é muito claro e objetivo quando diz no inciso II do artigo 5º: “II – De posse da denúncia, o Presidente da Câmara, na primeira sessão, determinará sua leitura e consultará a Câmara sobre o seu recebimento. Decidido o recebimento, pelo voto da maioria dos presentes, na mesma sessão será constituída a Comissão processante, com três Vereadores sorteados entre os desimpedidos, os quais elegerão, desde logo, o Presidente e o Relator”.
Outro fato curioso e bastante suspeito foi detectado quando a prefeita Gleide Santos, no dia da sessão extraordinária (11/04/2014), apresentou na Justiça através de um Mandado de Segurança (Proc. Nº 15442014), cópia da Ata da Sessão anterior de 10/04/2014, fornecida pela Câmara, sem a devida aprovação da mesa diretora, sendo que a mesma não esteve presente e não presidiu a referida sessão, além de que existem outras atas de sessões anteriores que ainda não foram aprovadas pelo plenário da Casa.
Já o vereador José Pedro Coelho Junior ressaltou que a Presidente da Câmara não pode impor regras sem a observância das leis, que o tempo do nazismo já passou, pois o legislativo não pode descaminhar para o que se chama de politicagem, que é a política deformada ou viciada por práticas que contrariam às leis e do próprio Regimento Interno. Ele não vê outra solução que não seja de representar contra a mesma, baseado no parágrafo único do artigo 21 do Regimento Interno da Casa, que diz: – “qualquer componente da mesa poderá ser destituído do cargo através de processo regular aprovado pelo voto da maioria absoluta dos membros da Câmara Municipal, assegurado o direito de ampla defesa, quando faltoso, omisso ou ineficiente no desempenho de suas atribuições regimentais, tudo de conformidade com o que estabelecer a Legislação Estadual e Federal vigente. Além do mais, a presidente poderá também enfrentar o mesmo processo que a prefeita Gleide Santos está respondendo nesta Casa, não é nossa intenção, mas se as coisas continuarem assim desta forma, seremos obrigados a criar também uma Comissão Processante contra a mesma”.

4/17/2014

"PV FORA DO GOVERNO" Gleide não cumpre acordo com Bragatto e coloca Gilson Meneses na Industria e Comercio



Pres. do PV Adriano Sarney e Bragatto.
Açailândia - Após se aliar ao seu principal adversário e inimigo politico "Ildemar Gonçalves, a prefeita Gleide Santos começou parece que vai começar a limar alguns aliados, amigos e  parceiros de campanha. Grande parte dessas pessoas, que estão sendo maltratadas pela a guerreira,  lhe ajudaram inclusive com muito dinheiro para que ela chegasse ao poder. Como todos já são sabedores, que em época de campanha é sempre a mesma coisa, pra se ganhar uma eleição todo politico promete o que não tem, e o que não pode cumprir.

O exemplo do que eu estou falando é o caso do  empresário Nelson Bragatto, ex secretário de Industria Comercio, que pode está sendo vitima de mais uma armação do grupo da prefeita, e poderá ficar fora do governo junto com seu partido PV. Esse blogueiro, já havia dito em post passado, da existência de  um acordo entre Gleide, e  o diretório do PV estadual na eleição de  em 2012.
Gilson Meneses

Na época ficou acertado entre Gleide, Sarney Filho e o Próprio Bragatto,  que o em Açailândia,  o partido daria total apoio a candidatura da atual gestora, mais na condição de fazer parte do governo (Secretária de Industria e Comercio), ou seja! e se caso  não acontecesse, o partido cairia  fora e tomaria outro rumo no município. Uma noticia que caiu como uma bomba para a turma do PV essa semana, mais que a imprensa não pode divulgar, foi o fato da prefeita já teria decidido nomear para a vaga deixada por Nelson Bragato, o seu atual secretário de Economia Gilson Meneses, que deve tomar posse após o feriado de pascoa. A pós saber da noticia, eu tive o cuidado de ligar ao empresário pra saber o que estava acontecendo. O que ele me falou foi que a prefeita vai realmente vai nomear Gilson Meneses, para seu lugar só até o final do mês, depois ela voltaria a conversar com ele pra resolver o problema.
Eleomar e Bragatto





4/16/2014

"MONSTRUOSIDADE" Mulher é morta estripada e assassino corta vagina e coloca em sua boca


O corpo de uma mulher, ainda não identificada, aparentemente de 30 anos, foi assassinada, teve todo abdômen cortado e as vísceras expostas (estripada), em crime praticado nas margens dos trilhos do metrô de Teresina, próximo ao cemitério São José, na bairro Vila Operária, na zona Norte da capital.
O assassino retalhou a mulher, cortou sua vagina e colocou em sua boca. O corpo foi encontrado pela polícia às 6:40h desta quarta-feira (16).
O cabo Helio Rodrigues, da Polícia Militar do Piauí, disse que ligaram para o Copom (Comando de Operações), informando que tinha uma mulher morta próximo ao Mercado do Mafuá.
"O crime foi bárbaro, cortaram a vagina e colocaram na boca e abriram do peito a barriga da mulher expondo as vísceras", disse.
O tenente Rodrigues, afirmou que ainda não foi identificado o nome da mulher.
Uma das testemunhas, o vendedor de picolé, Raimundo José Fonseca, afirmou que a mulher era pedinte na Praça Pedro II e vivia em frente ao Teatro 4 de Setembro e era viciada em álcool.
O corpo da mulher será o primeiro a ser examinado pelo scanner do Instituto Médico Legal (IML).












4/14/2014

Gleide Santos não cumpre promessa de campanha e pede expulsão de mais de 400 famílias da área próximo ao fórum




Açailândia - Cerca de  400 famílias de  sem tetos, que ocuparam aquela  área que fica ao lado do fórum da cidade, estão prestes a serem expulsas através da justiça por determinação da prefeita Gleide Santos e do deputado Hélio Soares. Após a decisão da justiça, eu estive no local conversando com aquelas  famílias. E confesso que fiquei bastante comovido quando elas me falaram que tentaram sensibilizar a prefeita, colocando o nome da área de "Vila Gleide",  achando que com essa singela   homenagem,  a gestora  iria ficar sensibilizada e deixar todos no local ou levar para uma outra área. Segundos elas, sensibilidade é algo que parece que passa bem longe de Gleide. "Nós esperávamos que ela viesse aqui falar com a gente para   pelo  menos, saber como está a nossa situação. Mais nem isso ela fez, disse uma mãe de família revoltada".



O juiz, já expediu o mandado e a data para fazer a retirada dessas pessoas do local, foi marcado para o dia 29 de abril pela manhã. Ao ser informado oficialmente o major Eurico Alves, comandante da 5ª CI, convocou uma reunião no quartel da policia militar, com representantes do pode judiciário, Incra, OAB, direitos humanos,    presidente do sindicato dos sem tetos, além do secretário de Infra- estrutura do município.


 Na reunião foram discutidos vários assuntos. O principal deles, foi a forma em que vai a policia vai se comportar no momento em que essas famílias, sejam retiradas evitando um confronto e  mantendo sempre a integridade física e psicológica dessas pessoas.  A prefeitura de Açailândia, se comprometeu em dá todo suporte como caminhão, trator e caçamba para fazer todo o trabalho de retirada dos sem tetos do local.

VINGANÇA
Segundo assessores mais próximos da própria prefeita, ordem para em retirada  das famílias dali, se deu em retaliação pelo o fato da  grande maioria ter votado nos 13 vereadores  que pediram sua cassação na câmara. 








4/12/2014

"PERDER A MÃO PARA SALVAR O BRAÇO" União união de Gleide e Ildemar representa o fim de uma cidade marcada pelo o desmando, corrupção e o medo

Caso tudo isso seja verdade!, a  união de Ildemar e Gleide, não representa só a traição de um povo, mais também o fim de uma cidade marcada pela o desmando e a corrupção.

Ildemar PSDB e Gleide PMDB
Açailândia - Caso seja confirmado uma possível aliança entre o grupo de Ildemar, com o grupo Gleide, seria a maior evidencia de que na politica só que acaba perdendo sendo enganado é o coitado do eleitor. Essa aliança de acordo com várias pessoas ligas a o ex prefeito tucano, seria para  tentar impedir que os 13 vereadores, afaste a prefeita Gleide pra  evitar que seu vice Juscelino Oliveira, não possa assumir.

Quando viram que realmente a prefeita seria cassada, a dupla partiu pro ataque. O deputado Helio Soares,  que manda e desmanda na administração de Gleide, se uniu a Ildemar, que através do  filho,  tentou desarticular o grupo de vereadores para que os mesmo não assinasse o pedido de afastamento da prefeita. Ulisses, homem forte e  filho de Ildemar, foi flagrado entrando na casa da prefeita Gleide, na tarde da última sexta feita, e segundo minha fonte, tudo foi acertado em um grande acordo  com Gleide e Hélio Soares ,envolvendo o advogado do PSDB.

Após a sessão alguns membros da imprensa já sabia do acordo selado entre Ildemar e Gleide, mais como eles não podem divulgar nada na  esperança de receber um dia, ninguém divulgou o fato. De acordo pessoas de confiança da prefeita, me disseram que dentre o que ficou acordado na reunião, na casa da prefeita, Ildemar teria exigido que Lula Almeida fosse nomeado o novo procurador do município  cargo que antes era ocupado pelo o também advogado Rocha Neto. Lula Almeida. deverá tomar posse ainda essa semana no novo gargo.

O que chamou mais atenção foi ver o advogado Lula Almeida, do PSDB e  advogado de Ildemar, que chegou na câmara na hora poucos minutos antes da sessão. O advogado de Ilçdemar, sentou do lado da presidente Lenilda, simplesmente para intimidar os vereadores de oposição. Lula Almeida, Antes de ir a câmara de vereadores, esteve durante todo dia em Açailândia, onde na durante a tarde, teria recebido uma ordem do tucano, para entrar com um mandado de segurança pedindo a suspensão da sessão que foi negado pelo juiz.

O queria faria Ildemar, a desapontar todas a aquelas pessoas que votaram no seu sobrinho Elsom, e que agora veem seu principal líder se arrastando para os braços da guerreira? 




"VICTOR BRANDÃO" Veja o que esse eleitor de Açailândia, diz sobre a prefeita Gleide a respeito do que está acontecendo com nossa cidade


VICTOR BRANDÃO
Querida prefeita, estive morando ai na cidade em que governa durante mais ou menos quatorze anos dos meus dezenove; hoje estou a mais ou menos 3 mil km de onde você governa, em um lugar diferente, porém, minha família ai ficou... Vim perguntar-lhe se lhe falta a vergonha na cara para fazer tamanhas desfeitas com o povo açailandense, não votei em Vossa Senhoria pelo fato de me recusar a por alguém que usa a "religiosidade" (fanatismo) para conseguir votos. Ligo todos os dias para minha mãe, irmãos e amigos, os que disseram que votariam em você porque você era "isso e aquilo" estão querendo tirar-lhe do poder, e a classe que você mais castiga no momento é a classe dos professores, e nesta classe encaixa-se minha mãe... Soube também que está deixando a educação em um fiasco por conta disso, e meus irmãos e amigos dependem da educação para ter um bom futuro; chegou ao meu conhecimento que de buracos Açailândia já se encontra atolada...

 Por favor, seja honesta, por que usou uma arma tão apelativa (religiosidade) para governar uma cidade e afundá-la? Tu já não tinhas bastante dinheiro para viver bem? Pelo amor de Deus, para que tirar o dinheiro do povo que trabalha? Para que pagar tão mal os professores? Para que deixar as escolas sem merenda? Por favor, a sua mansão já está grande e bonita o suficiente, faça o favor de se afastar da prefeitura, não continue a fazer o que faz, eu estou em outra cidade de outro estado de outra região do Brasil e sofro com o que você faz com o povo da minha terrinha... Por favor, retire-se imediatamente do comando da cidade e deixe alguém que tenha misericórdia do povo cuidar desta cidade que nunca esteve tão derrotada. 

P.S.: Sua tentativa de transformar a prefeitura em uma convenção religiosa não deu certo, até quem foi enganado pela sua "santidade" está revoltada.

Att
Víctor Brandão

4/11/2014

"TUMULTO NA CÂMARA" - Com medo de ser cassada prefeita Gleide Santos, arma tumulto para impedir leitura de denúncia na Câmara


Pref. Gleide e Hélio Soares
Açailândia - Numa tentativa desesperada de boicotar a sessão da Câmara de Vereadores da cidade de Açailândia, localizada a 566 km de São Luis, a prefeita Gleide Santos (PMDB), armou executou uma estratégia de ocupação do plenário do Legislativo com servidores municipais nomeados, ou seja, os detentores das conhecidas portarias.
A estranha lotação, foi motivada pela movimentação dos vereadores em relação a denúncia apresentada à Câmara pelo eleitor do município de Açailândia, Cleones Oliveira Matos, onde figuram acusações sérias de má gestão dos recursos públicos, indícios de desvio de verba da Merenda Escolar, através do pagamento de empresa, sem que no período do pagamento, entre 10 e 13 de janeiro deste ano, houvesse sequer um aluno em Sala de Aula.

De acordo com o vereador José Francisco Gonçalves Sousa (PSB), popularmente conhecido como Canela, as aberrações no claro desvio de dinheiro público é tão grave que, segundo a denúncia, enquanto um pacote de leite em pó integral foi comprado pela Prefeitura por R$ 11,00, a denúncia afirma que “um litro de leite integral, com a mesma embalagem, em qualquer mercearia, custa cerca de R$ 3,00”. “Foram oito mil pacotes comprados com este preço abusivo, dando clara demonstração de supervalorização do produto, quando na verdade, o que deveria valer é o menor preço, abaixo da prática de mercado. Mas as denúncias vão muito além”, disse Canela.
Ver. Canela

Outra questão apontada pela denúncia foi a utilização de máquinas da prefeitura para realização de obras na fazenda da prefeita. “Isso foi mais um agravante, pois a utilização do maquinário a serviço do município, pago com o dinheiro público, além dos servidores, para uma propriedade particular da prefeita, é ato de improbidade, que deve ser punido com os rigores da lei”,  considerou.
Canela lamentou que a denúncia não fora posta em pauta para a sessão da última quinta-feira, da Câmara, entretanto, uma sessão extraordinária, convocada por 12 dos 17 vereadores, acontecerá hoje, às 20h, com objetivo exclusivo de apreciar a denúncia. “Não se trata de perseguição, mas de averiguar a denúncia, conforme o inciso II, do Art. 5º, do Decreto-Lei nº 201/1967”, justificou ele.