9/23/2016

Dono da Escutec que fez Pesquisa em Açailândia, já foi Preso pela Polícia Federal

O empresário Fernando Junior, proprietário do instituto de pesquisas ESCUTEC, foi preso pela Polícia Federal no dia (20), de outubro de 2015 durante a Operação Attalea, que desbaratou toda a quadrilha acusada de saquear os cofres públicos da Prefeitura de Anajatuba.
De acordo com o jornalista Domingos Costa,  na época, Fernando foi acusado de desviar recursos públicos federais do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB) e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) por meio da contratação de “empresas e fachada”.

O caso foi denunciado pelo Fantástico, da Rede Globo, em novembro do ano passado.
Também foram detidos o prefeito de Anajatuba, Helder Aragão; o vereador e secretário municipal de Administração, Edmilson dos Santos Dutra; a integrante da Comissão Permanente de Licitação (CPL), Matilde Sodré Coqueiro; o empresário Fabiano de Carvalho Bezerra e a ex-esposa dele, Natascha Alves Lesch.

Conforme a matéria veiculada em rede nacional, a história do Instituto ESCUTEC está recheada de fraudes envolvendo prefeitos e secretários municipais. De acordo com polícia federal a operação atingiu seus objetivos e a partir de agora os denunciados estão nas mãos da justiça. Creio bem menos na justiça dos homens, mas da justiça divino tenho absoluta certeza que não passarão impunemente aqueles que desviam o dinheiro da merenda escolar, porque isso é tirar comida da boca das crianças.
Aqui em Açailândia, os três candidatos prejudicados com a pesquisa fraudulenta do instituto ESCUTEC desistiram de representar judicialmente contra o mesmo porque, segundo eles, a credibilidade dessas pesquisas é inexistente, tanto que chega a ser contestada até mesmo entre os militantes da coligação que contratou o instituto ESCUTEC.

0 comentários:

Postar um comentário