7/14/2016

"CLANDESTINO" Caminhão Carregado Com Couros de Boi é Apreendido no Antigo Matadouro em Açailândia.












“A multa estimada para esse tipo de infração é de quase R$ 250 Mil Reais.”

Na tarde desta quarta-feira (13/07) um caminhão com placa DPE-1859 de Governador Edison Lobão-Maranhão, carregado com couros de boi foi apreendido pela Polícia Civil na antiga Salgadeira de Couros e no Matadouro Interditado localizado as margens da BR-010, em território urbano da cidade. O material cerca de (140 Cento e Quarenta Peças de Couros) foi apreendido e levado para a Delegacia Central do 1º Distrito Policial de Açailândia.

Segundo o Delegado Titular do 1º DP/DR THIAGO FILIPPINI, o antigo matadouro e a salgadeira de couros estão interditados judicialmente, haja vista que qualquer atividade no local, é irregular (ilícita), porque polui o meio ambiente. A população de Açailândia deve lembrar que, quando o matadouro estava na ativa, resíduos provenientes de abatimento de animais, escoriam pelo rio, poluía todo lençol freático da localidade, causando mau cheiro por quase toda cidade, atraia moscas nas mediações, o que ocasionava riscos para saúde pública e de contaminação do meio ambiente.

Nesta quarta-feira, a POLÍCIA CIVIL DE AÇAILÂNDIA recebeu uma informação que o antigo matadouro estaria sendo usado ilegalmente, e na ocasião 01 um caminhão estaria sendo carregado com couros de boi, o Delegado THIAGO FILIPPINI acompanhado dos IPC PAULÃO e GLAUBER, foram até o local verificar as informações, e, ao chegarem constataram a veracidade da denúncia.  No momento da abordagem a policia civil encontrou dentro do prédio do antigo matadouro; alguns estivadores (trabalhadores), 01 um motorista, e um 01 homem não identificado que possivelmente seria o atravessador do negócio ilegal (comprador da carga de couros).

A PC realizou a apreensão do caminhão, do material e do atravessador (homem) que foram conduzidos até a sede da Delegacia Central do 1º DP/Açailândia para prestar os esclarecimentos necessários, o Delegado THIAGO FILIPPINI efetuou o auto de prisão em flagrante, fez a comunicação aos órgãos responsáveis na defesa do MEIO AMBIENTE como; AGED, VIGILÂNCIA SANITÁRIA, SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE, cada uma dentro de sua área de atribuição e foram lavrados os respectivos autos de infração para as providencias cabíveis.

JOSINALDO SMILLE

0 comentários:

Postar um comentário