5/11/2015

"DEU NOS BLOGS DA CAPITAL" Prefeita de Açailândia simulou doença para escapar de depoimento

Manobra puramente protelatória deixa Gleide Santos em situação difícil perante a Comissão Processante.
Sem mais justificativas para escapar de prestar depoimento na Comissão Processante (CP) da Câmara Municipal, a prefeita de Açailândia Gleide Lima Santos (PMDB), mais uma vez em desrespeito às leis, extrapolou os limites do bom senso. Numa manobra puramente protelatória protocolou na CP através do seu advogado, um “atestado médico” se afastando de suas funções de trabalho para tratamento de saúde por dez (10) dias, alegando está sem quaisquer condições físicas para comparecer na audiência da Comissão.
A doença repentina identificada no “atestado” fornecido por um médico contratado do município atesta que a prefeita possui uma infecção viral desconhecida e conjuntivite aguda (CID = B34.9 + H10.3), que segundo um dos membros da Comissão, vai solicitar o Ministério Público Estadual e o Conselho Regional de Medicina (CRM), que investigue o tal “atestado”.
Diante do fato, o presidente da Comissão Processante vereador Bento Vieira Sousa, imediatamente solicitou ao Presidente da Casa, informações se havia alguma comunicação oficial da prefeita a respeito do seu afastamento temporário (07 à l6/05/2015) de suas funções em razão do quadro clínico e quais seriam as providências a serem tomadas por esta Câmara Municipal diante de tal fato, especialmente que o município de Açailândia não pode ficar acéfalo, sem ninguém para administrar durante este lapso temporal (10 dias).
Já dizia Gepeto, o pai de Pinóquio: “a mentira tem perna curta e o nariz comprido”.
Habituada às práticas fraudulentas e utilizar meios recrimináveis para adquirir os seus caprichos, a prefeita acamada não lembrou que “a mentira tem perna curta e o nariz comprido”. Logo depois de se esquivar do seu comparecimento na Câmara a prefeita foi flagrada inaugurando um “restaurante popular” no povoado de Novo Bacabal, há 72 quilômetros da sede. (Do Jornal do Maranhão).

Blog do Neto Ferreira



0 comentários:

Postar um comentário