4/14/2014

Gleide Santos manda retirar mais de 400 familias sem tetos de uma área que leva seu próprio nome "VILA GLEIDE"




Açailândia - Cerca de  400 famílias de  sem tetos, que ocuparam aquela  área que fica ao lado do fórum da cidade, estão prestes a serem expulsas através da justiça por determinação da prefeita Gleide Santos e do deputado Hélio Soares. Após a decisão da justiça, eu estive no local conversando com aquelas  famílias. E confesso que fiquei bastante comovido quando elas me falaram que tentaram sensibilizar a prefeita, colocando o nome da área de "Vila Gleide",  achando que com essa singela   homenagem,  a gestora  iria ficar sensibilizada e deixar todos no local ou levar para uma outra área. Segundos elas, sensibilidade é algo que parece que passa bem longe de Gleide. "Nós esperávamos que ela viesse aqui falar com a gente para   pelo  menos, saber como está a nossa situação. Mais nem isso ela fez, disse uma mãe de família revoltada".



O juiz, já expediu o mandado e a data para fazer a retirada dessas pessoas do local, foi marcado para o dia 29 de abril pela manhã. Ao ser informado oficialmente o major Eurico Alves, comandante da 5ª CI, convocou uma reunião no quartel da policia militar, com representantes do pode judiciário, Incra, OAB, direitos humanos,    presidente do sindicato dos sem tetos, além do secretário de Infra- estrutura do município.


 Na reunião foram discutidos vários assuntos. O principal deles, foi a forma em que vai a policia vai se comportar no momento em que essas famílias, sejam retiradas evitando um confronto e  mantendo sempre a integridade física e psicológica dessas pessoas.  A prefeitura de Açailândia, se comprometeu em dá todo suporte como caminhão, trator e caçamba para fazer todo o trabalho de retirada dos sem tetos do local.

VINGANÇA
Segundo assessores mais próximos da própria prefeita, ordem para em retirada  das famílias dali, se deu em retaliação pelo o fato da  grande maioria ter votado nos 13 vereadores  que pediram sua cassação na câmara.