7/17/2013

Governador de Pernabuco Eduardo Campos do PSB, desiste da candidatura de presidente e pode ser o vice do PT pela a ligação que tem com Lula

CONFIDÊNCIAS DO
GOVERNADOR DE PERNAMBUCO

Eduardo campos e Lula
O PSB mergulhou em plena inquietação. Não era segredo que o PSB estava dividido. Abertamente um grupo queria o lançamento de sua campanha presidenciável. Ostensivamente, outra metade não queria que ele fosse presidenciavelmente agora, preferia 2018. Ele não se definia.

Mas agora, indiretamente, Eduardo Campos se revela e se define ao conversar quase diariamente com Lula e nem sequer telefonar para Dilma. Sem ser candidata, Campos não quer perder tempo com ela.
Com Lula candidato se aproximando da condição de candidatíssimo, o governador já deixou bem claro: “Em hipótese alguma enfrentarei o ex-presidente”. Um fato que pouca gente sabe, mas que é rigorosamente verdadeiro: o governador, satisfeito, consideraria um convite para ser vice de Lula. 

Helio Fernandes