7/21/2013

Funcionários do supermercado Mateus de Açailândia poderão entrar em greve dia 1º de Agosto

Açailândia - Assim como aconteceu em Marabá-PA há uma semana atrás, onde os 1.200 funcionários do "Supermercado Mateus" entraram em greve por melhores condições de trabalhos e salários mais justo, em Açailândia deve ocorrer da mesma forma.

No caso de Marabá, foi cedido aos trabalhadores reajuste salarial do piso para R$ 833,00, plano de saúde e cesta básica. Ficou acordado que a saída dos trabalhadores aos domingos e feriados será às 14 horas em ponto e que não será descontada as faltas no período de greve
 
Em Açailândia o supermercado Mateus, é a empresa que mais tem funcionários no Município, cerca de 460 trabalhadores direto. E todos esses funcionários estão insatisfeitos com a forma que a empresa trata seu servidores. Na última sexta feira dia 19, foi realizado uma assembleia geral e ficou decidido através de um indicativo de greve, pelo sindicato do comércio local e comissão grevista, que o empresário Ilson Mateus terá um prazo de 72 horas pra oferecer uma proposta que seja viável a seus funcionários e sindicato. Caso não ofereça uma proposta, todos os funcionários irão parar suas atividades a partir do dia 1 de agosto.
 
Na assembleia de sexta, ficou acertado que algumas reivindicações como adequação melhor dos banheiros para os funcionários, trabalhar domingos e feriados no máximo até 14 horas, não descontar os dias parados dos empregados em greve, estabilidade de 180 dias e salário para o valor de R$ 850 com pagamento de valores retroativos à maio, além de demissão sem justa causa.
 
É importante salientar que a rede Mateus supermercados tem 41 lojas entre eletro, centro de distribuição e lojas, a estimativa é que no final de 2013 a rede feche com 50 lojas no total, são cerca de 14 mil funcionários em 3 estados, sendo que Açailândia é um das que mais vende, superando inclusive o de Marabá.