8/04/2012

Alexandre Almeida tem candidatura indeferia em Timon

Alexandre Almeida e sua vice, Uerly Queiroz
A Justiça Eleitoral de Timon indeferiu a candidatura de Alexandre Almeida, candidato do PSD à Prefeitura Municipal.
Ele disputava com a candidata a vice que era do PT e já esta coligado com PMDB.
O juiz da 19ª Zona Eleitoral em Timon, Josemilton Silva Barros, indeferiu o pedido de registro da candidatura da coligação ‘Timon é daqui para frente’, encabeçada pelo candidato a prefeito do PSD, Alexandre Almeida, que tinha como vice, Francisca Uerly dos Santos Queiroz, em razão do Partido dos Trabalhadores, na qual a candidata a vice prefeita é filiada por ter sido excluída da coligação.
O PT fez coligação com PMDB para apoiar a candidatura para prefeito do atual vice-prefeito de Timon, Edivar Ribeiro.
O juiz Josemilton Silva Barros julgou improcedente a impugnação movida contra Alexandre Almeida, que tinha sido impetrada na Justiça Eleitoral, mas indeferiu o registro da candidatura.
Segundo o magistrado, é valida a convenção referendada pela Executiva Nacional do PT, que estabeleceu coligação majoritária com PMDB, PRB, PTB, PSL, PTN, PP, DEM, PV e PRP, que tem como candidato a prefeito Edivar Jesus Ribeiro e à vice Maria Dalva da Silva Sousa, que é petista.
“Consequentemente julgo nula a convenção do Partido dos Trabalhadores, que aprovou coligação com PSD, PR, PTdoB e PSC. Logo, válida é ata da convenção municipal do PT, presidida por Maurício Ângelo da Silva, onde consta deliberação a cerca da coligação majoritária da referida agremiação com PMDB, que tem como candidatos aos cargos de prefeito e vice, Edivar Ribeiro e Maria Dalva da Silva Sousa, bem como aliança com os partidos PTN, PTB e PRB, para a coligação proporcional, vez que, foi devidamente mantida pela comissão executiva nacional. E ,por consequência, inválida é a ata da convenção municipal do PT presidida pelo senhor Marcos Gomes de Sousa, que trás como candidato a vice, a senhora Francisca Uerly dos Santos Queiroz”, declarou o juiz Josemilton Silva Barros..