7/31/2012

TRE mantém decisão de juiz e proíbe propaganda eleitoral na TV em Caxias. Açailândia também pode seguir o mesmo caminho

Simbolo das Elieções 2012, do TSE(Imagem:Divulgação)Simbolo das Elieções 2012, do TSE
  Agora é oficial: Caxias não terá programa eleitoral na televisão. É que o Tribunal Regional Eleitoral manteve a decisão do juiz Clésio Cunha de proibir a propaganda eleitoral gratuita em rádios e TVs de Caxias.
O TRE decidiu a questão porque o juiz Sílvio Suzart, da 5ª Zona Eleitoral de Caxias, que substituiu Clésio Cunha, passou o "abacaxi" para a Corte Eleitoral decidir. Com isso, o magistrado saiu à francesa do quiproquó.
Quem acabou se "ferrando" na história da proibição da propaganda na TV foram os candidatos a prefeito Helton Mesquita, PSC, Mundico Teixeira, PT, Agostinho Neto, PSTU e Herbert Silva, PSOL.
Já Leonardo Coutinho, PSB e Paulo Marinho Júnior, PMDB dispõem de veículos de comunicação favoráveis às suas candidaturas.

Fonte: Blog do Douglas Ferreira