3/07/2012

Guajará-Mirim: PC prende um casal de Açailãndia, acusado de tráfico de drogas e apreende 8 kg de entorpecente

Policiais civis, da Delegacia de Guajará-Mirim, na noite de sexta-feira (02/03/2012) averiguavam as imagens de segurança da Polícia Federal, no Porto Oficial, sobre a morte do advogado Luiz Bezerra de Menezes, quando se depararam com um casal que carregava uma mala pequena contendo droga. Os dois foram presos juntamente com o casal que aguardava a droga em um hotel da cidade.

Enquanto os policiais estavam no Porto uma embarcação, vindo de Guayaramerin/Bolívia, chegou ao local. Neste momento algumas pessoas foram abordadas e suas bagagens revistadas. Na abordagem a Alvaro D.A., de 20 anos e sua namorada Janderez C.R., de 18 anos, os policiais encontraram na mala de cpr azul, pertencente a eles, oito invólucros de substância entorpecente, pesando cerca de 8 quilos de drogas.

Alvaro confessou que seu pai recebeu R$ 800,00 do homem que aguardava a droga em um hotel da cidade. Seu pai lhe pagou R$ 800,00 pelo transporte da droga. Os policiais deslocaram-se ao hotel e encontraram no apartamento 10 Edinaldo F.S., conhecido por "Boba", de 41 anos, o qual estava acompanhado de sua esposa Neilma S.F., de 23 anos.Edinaldo confessou que pagou R$ 18.000,00, ao pai de Alvaro, pela droga e a levaria até a cidade de Imperatriz, no Maranhão. Disse ainda, que recebeu R$ 6.000,00 para adquirir e transportar a droga.

Foram apreendidos com Neilma R$ 1.099,25, com Edinaldo R$ 57,00 e com Alvaro R$ 320,00 e trinta bolivianos.

Os quatro acusados receberam voz de prisão por tráfico de drogas, sendo conduzidos ao presídio local. Agora, encontram-se à disposição da justiça.