9/19/2017

A vida e os caminhos das oportunidades

Tô me afastando de tudo que me atrasa, me engana, me segura e me retém.
Tô me aproximando de tudo que me faz completo, me faz feliz e que me quer bem.

Tô aproveitando tudo de bom que essa nossa vida tem. Tô me dedicando de verdade pra agradar outro alguém.
Tô trazendo pra perto de mim quem eu gosto e quem gosta de mim também.

Ultimamente eu só tô querendo ver o ‘bom’ que todo mundo tem.

Relaxa, respira, se irritar é bom pra quem? Supera, suporta, entenda: isento de problemas eu não conheço ninguém.

Queira viver, viver melhor, viver sorrindo e até os cem. Tô feliz, tô despreocupado, com a vida eu tô de bem. 

Sigo a vida conforme o roteiro, sou quase normal por fora, pra ninguém desconfiar. Mas por dentro eu deliro e questiono.

Não quero uma vida pequena, um amor pequeno, uma alegria que caiba dentro da bolsa. Eu quero mais que isso. Quero o que não vejo. Quero o que não entendo. Quero muito e quero sem fim.

Não cresci pra viver mais ou menos, nasci com dois pares de asas, vou aonde eu me levar. Por isso, não me venha com superfícies, nada raso me satisfaz.

Eu quero é o mergulho. Entrar de roupa e tudo no infinito que é a vida. E rezar – se ainda acreditar – pra sair ainda bem melhor do outro lado de lá. 

Que todos os seus dias sejam felizes e cheios de muita Luz!

Abraços e muita paz!