7/09/2012

Corrupção e Miséria, Causa e Efeito

Ela é sorrateira, age de forma silenciosa, desperta dúvidas e suspeitas sobre a sua existência. Por isso, sua comprovação requer habilidades especiais, mas acima de tudo, coragem, pois não é fácil enfrentar seus adeptos. Escreveremos sobre a corrupção, essa coisa que destrói, violenta e mata.



Os países pobres são os que mais sofrem com a corrupção, pois estão mais debilitados pela situação econômica e são os que têm índices maiores desse tipo de crime.


No Brasil ela está positivada no artigo 317 do Código Penal no capítulo que trata dos crimes praticados por funcionários públicos, assim tipificados; solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função, ou antes, de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem – pena: reclusão de 02 (dois) a 12 (Doze) anos, mas ela tem outra face chamada propina, que superfaturar obras para lesar o bolso do povo.


Além de ser crime a corrupção produz pobreza, pois retira dos pobres o dinheiro que para eles seria destinado, ricos nunca saem perdendo. Como diz um velho ditado popular, a corda sempre arrebenta do lado mais fraco.


E as conseqüências são sensíveis, uma grande fatia dos problemas relacionados à saúde, educação, fome, miséria e desemprego, são por conta da corrupção.


Mas o que leva um político ou um funcionário público a se corromper? Respondo, a ganância o egoísmo e a falta de caráter, pois em nome do luxo próprio, provocam tristeza e morte a muitas pessoas.


E as denúncias aumentam mais a cada dia, assistimos nos noticiários de TV quase todos os dias, informações sobre prisões realizadas pela Polícia Federal, de pessoas envolvidas em crimes de corrupção, os envolvidos vão desde de membro do judiciário até membros do executivo e legislativo brasileiros, em todos os níveis.


Só a Operação Navalha, que investiga fraudes em obras públicas, deflagrada pela Polícia Federal atingiu nove partidos, o que nos faz lembrar de outros dois golpes no povo, o mensalão e os sanguessugas.


Outra luta da nossa sociedade deve ser contra a impunidade, pois poucos, muito poucos desses presos nessas operações ficarão efetivamente presos, pois a lei em nosso país e muito benevolente, o dinheiro ganho com a corrupção deve estar bem guardado, as penas dificilmente serão cumpridas em sua integralidade e os corruptos logo estarão soltos e desfrutarão do dinheiro de que se locupletaram.
Mas nem tudo esta perdido, a solução deve vir nas urnas, com voto esclarecido, voto maduro.


Hoje, uma grande parcela dos eleitores vota em um determinado candidato em troca de pagamento de uma conta de luz, de um tanque de gasolina, de material de construção ou de uma cirurgia para ligar as trompas. Condutas erradas, pois esses mesmo que votaram em troca de um presentinho, são as primeiras vítimas da corrupção, não têm dinheiro e precisam da ajuda do Estado.


Não vá na conversa fiada de candidato que lhe oferece presentes em troca de votos, esse é um corrupto em potencial e o presentinho com certeza vai te custar caro.
Teu voto tem muito valor para mudar o Brasil.