7/11/2015

Rede de Cidadania promove ato pacifico e pede por transparência e moralidade nas ações públicas de Açailândia.

O movimento teve a participação de pelo menos mil pessoas que encabeçaram a primeira ação contra os atuais atos políticos, que tem gerado instabilidade e deixado à população insegura em Açailândia. Os principais alvos dos discursos foram o juizado e a câmara municipal. Faixas indagavam quem seria o atual gestor municipal e perguntava a câmara pelos processos da CPI.
A manifestação começou na praça do mercado e percorreu as principais ruas do centro da cidade e finalizou na Praça do Pioneiro. Durante o percurso varias paradas foram realizadas e muitos discursos foram proferidos pedindo por justiça e moralidade nos atos administrativos de Açailândia.
De acordo com a direção do movimento que tem inúmeras entidades, haverá uma nova reunião e será convocada uma nova manifestação, a intensão é pressionar a justiça e a Câmara para dar mais agilidades nos processos administrativos contra a atual gestão que tem como chefe do executivo a prefeita Gleide Santos.
Em sua maioria o publico desta primeira manifestação foi formado por trabalhadores rurais, moradores de bairros como o Piquiá e feirantes do Mercado Municipal, além de representantes de associações que se sentem prejudicados com os desmandos administrativos no município.
A manifestação ocorreu de forma pacifica e não foi registrado nenhum excesso dos manifestantes. Não houve a participação de nenhum vereador ou politico reconhecido do município, apenas alguns assessores olharam mais de longe o movimento. A população aguarda a nova data para a próxima manifestação que segundo os organizadores deve ser maior que essa primeira.

blog do Freire

0 comentários:

Postar um comentário